segunda-feira, 29 de março de 2021

Creme de coentros

Cá em casa nunca falta a sopa e esta é muito reconfortante, deliciosa. É um up grade desta que me valeu a receita no livro da Mesa dos Portugueses.


 Ingredientes:


  • 1 cebola
  • 4 dentes de alho
  • 1 curgete
  • 2 cenouras pequenas
  • 100gr de abóbora
  • 1 couve flor pequena
  • 1 nabo
  • 1 Inhame
  • 1 molho de coentros  
  • azeite
  • água e sal q.b.

Preparação:
- Colocar num tacho azeite, 1 cebola cortada em pedaços, 4 dentes de alho, 1 courgete cortada aos cubos, as cenouras cortadas também aos cubos, 1 couve flor separada por raminhos, o nabo cortado em pedaços e o inhame cortado em pedaços também. Junte uma mão cheia de coentros frescos. Deixar refogar tudo em lume brando.
- De seguida juntar água e sal.
- Depois de cozido tritura-se no liquidificador juntamente com mais uns raminhos de coentros frescos até obter uma consistência cremosa.
- Por fim adiciona-se coentros picados / um raminho de coentros e serve-se.



Bolo de laranja inteira




 Ingredientes:

  • 1 Laranja média Bio
  • 3/4 de uma chávena de azeite extra virgem
  • 4 Ovos Bio
  • 2 Chávenas de açúcar amarelo
  • 1 Colher de extrato de baunilha
  • 2 Chávenas de farinha de trigo sem fermento
  • 1 Colher (de chá) rasa de sal fino
  • 1 Colher (de sopa) de fermento em pó
Preparação:
- Ligue o forno a 180ºC.
- Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha. Reserve.
- Prepare a massa. 
- Corte apenas as extremidades da laranja e depois corte-a em pedaços. Elimine os caroços e transfira a laranja para um processador. 
- Junte o azeite, os ovos,  o açúcar e o extrato de baunilha. Triture tudo até obter uma mistura cremosa e sem grumos. 
- Peneire a farinha, junte o sal e o fermento para uma taça.
- Junte os restantes ingredientes enquanto está a processar ou deite o creme numa taça e envolva a farinha com o auxílio de uma espátula, mas sem bater demasiado. 
- Quando estiver homogéneo, deite a massa numa forma e leve ao forno cerca de 40 minutos. 
- Ao fim deste tempo teste o palito para confirmar se o bolo está pronto. 





segunda-feira, 22 de março de 2021

Perna de peru assada no forno


 Ingredientes:

  • 1 Perna de peru
  • 8 Dentes de alhos
  • 1 Ramo de salsa fresca
  • 1 Ramos de coentros frescos
  • Gengibre fresco q.b.
  • Sumo de 1 laranja bio
  • Sumo de 1 limão bio
  • Vinho branco q.b.
  • Azeite q.b.
  • Água q.b.
  • Sal q.b.
  • Pimenta q.b.
  • Pimentão doce q.b.
  • Margarina q.b.
  • 2 Cenouras
Preparação:
- Arranje a perna de peru. Retire as principais gorduras e dê alguns golpes ao longo da perna.
- A seguir prepare a marinada. Coloque num almofariz os dentes alho com o sal, a pimenta e o pimentão doce. Esmague. Junte a salsa e os coentros, o gengibre fresco (usei cerca de 1cm de raiz). Adicione o sumo de laranja e o sumo de limão, envolva. Adicione vinho branco a gosto (cerca de 100/150ml) e um pouco de água. Envolva bem e barre o peru com este preparado. Coloque a pele do peru para baixo. Cubra com uns cubos de margarina.
- Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC. Deixe assar lentamente o peru. Eu assei cerca de 1h30m / 2 horas. A meio deste tempo juntei cenouras descascadas e cortadas em pedaços. Durante o tempo que o peru assou fui regando com os sucos e virei-o para que a pele tostasse. 
- Quando a pele estiver tostada, cubra o peru com uma folha de papel de alumínio da Silvex e deixe acabar de assar mais meia hora ou até estar a gosto. Nesta última meia hora assei a 160ºC.
- Retire do forno, corte em pedaços a gosto e sirva acompanhado de uma arroz branco e uma salada.










sexta-feira, 19 de março de 2021

Pão de espelta e espelta integral

Depois deste pão, resolvi fazer o mesmo mas com farinha de espelta. A farinha de espelta possui um elevado poder alimentício e é dos grãos mais tolerados pelo nosso corpo. A espelta é boa e fácil de digerir. Esta semente é uma variedade do trigo e foi a fonte de alimentação durante milhares de anos de muitas populações. No entanto acabou por cair quase em desuso. No entanto e graças à sua relação com a saúde, a espelta está novamente a ser recuperada. É o trigo mais bem tolerado pelo nosso organismo. Tem ainda mais proteínas que o trigo comum. A espelta é ainda composta  por hidratos de carbono maioritariamente complexos e bastante fibra, daí que apresente um índice glicémico baixo. É baixa em gorduras (e na sua maioria monoinsaturadas). Além disto contém também vitaminas do grupo B e E, diversos minerais como o magnésio, fósforo, ferro, cobre, zinco, selénio, potássio e compostos fitoquímicos, o que fazem da espelta um cereal muito recomendado.

- Fazendo parte de uma dieta saudável, a sua ingestão regular traz alguns benefícios para a nossa saúde. Como por exemplo, previne problemas cardiovasculares e colesterol, melhora o funcionamento do intestino delgado, fortalece o sistema imunitário, ajuda na regulação da coagulação sanguínea, previne a asma infantil. 

- É mais pobre em glúten que o trigo normal, no entanto e uma vez que contém glúten continua a ser um proibido para os celíacos. 

- Por isso como o meu marido tem gastrite ainda não simpatiza muito com o pão sem glúten (por enquanto) agora para ele a escolha vai recair neste pão que ficou delicioso.

- A espelta cresce menos que o trigo porque contém mais humidade e como referi anteriormente tem também menos glúten. Pode ser usada em pães, massas, pizzas, empadas, crepes, bolachas e biscoitos e com resultados igualmente deliciosos. 



Ingredientes:

  • 550gr água
  • 520g Farinha Espelta branca, mais q.b para polvilhar  
  • 200gr de farinha de espelta integral  
  • 20gr de fermento de padeiro fresco ou uma saqueta de 11gr de fermipan
  • 10gr de sal marinho
  • 20gr de fécula de batata (opcional, não é obrigatório )

Preparação:
- Comece por colocar no copo da Bimby a água e as farinhas. Misture 20Seg/Vel6.
- Deixe a farinha hidratar cerca de 40Min dentro da Bimby.
- Após este tempo abra o copo e junte o fermento, a fécula de batata e o sal. Amasse 6Min./Vel.Espiga.
- Retire do copo e coloque a massa num recipiente e deixar levedar cerca de 2 horas ou até que dobre de volume.
Depois de levedar, polvilhe a bancada com farinha, dar a forma e dobrar 1/3 da massa sobre si própria e entalar por baixo.
- Pré-aqueça o forno a 250ºC.
- Coloque o pão, num tabuleiro polvilhado com bastante farinha. Pode fazer um corte a meio superficial para dar uns efeitos (os meus foram feitos com uma tesoura)
- Coloque uma taça de barro ao fundo do forno com água, para ter uma crosta mais estaladiça no pão.
- Baixe a temperatura do forno para os 200ºC e coloque o pão no forno e deixe cozinhar cerca de 35 minutos (veja consoante o gosto e o forno). 
- Rendeu um pão com cerca de 1,2Kg.






quarta-feira, 17 de março de 2021

Bola salgada enrolada de bacon e fiambre

Não é doce, mas já começa a cheirar a Páscoa. Esta bola é de comer e chorar por mais. Ficou maravilhosa. Quem provou, aprovou!!


Ingredientes:

  • 200gr de água
  • 50gr de azeite
  • 1 C. (de chá) de sal
  • 400gr de farinha
  • 5gr de fermento seco de padeiro
Recheio:
  • 100gr de fiambre da pá extra (Primor)
  • 100gr de bacon extra (Primor)
  • Tomilho q.b. (Dom Duarte)
  • 2 Gemas
Preparação:
- Coloque no copo a água, o azeite e o sal. Aqueça 1 Min. / 37ºC / Vel. 1.
- Adicione a farinha e o fermento e amasse 2 Min. / Vel. Espiga. Deixe levedar num local morno cerca de 40 minutos ou até a massa dobrar de volume (como estava com tempo deixe cerca de 2 horas).
- Com a faca da Nicul, corte em lâminas finas 100gr de bacon. Reserve.
- Pré-aqueça o forno a 220ºC. Forre com papel vegetal Silvex um tabuleiro.
- Polvilhe a bancada com farinha e estenda a massa formando um retângulo. 
- Coloque por cima o bacon fatiado e 100gr de fiambre. Polvilhe com folhas de tomilho seco.
- Enrole a massa como se se tratasse de uma torta.
- Corte com a ajuda da massa pedaços mais ou menos iguais.
- Transfira os pedaços para um tabuleiro redondo forrado com papel vegetal Silvex, formando um efeito flor. Polvilhe a gosto com mais tomilho.
- Bata duas gemas e pincele por cima.
- Leve ao forno pré-aquecido a 220ºC cerca de 25 minutos ou até estar a gosto.
















segunda-feira, 15 de março de 2021

Papas de aveia com maçã e canela



 Ingredientes:

  • 6 a 8 Colheres (de sopa) de flocos de aveia sem glúten
  • 400ml de leite de amêndoa
  • 1 Pau de canela
  • Passas de uva (usei 16)
  • 1 1/2 maçã ralada
  • Canela em pó (Obô Vanilla)
  • 1 raspa da casca de limão
  • Pólen (Transmontanos)
  • Maçã verde desidratada (Gwiker)
Preparação:
- Coloque a aveia, as passas de uva, o pau de canela e a casca do limão mais o leite de amêndoa num frasco, tape e deixe assim durante a noite no frigorífico.
- De manhã com a ajuda do ralador vegetariano Borner rale a maçã (previamente descaroçada e descascada).
- Leve ao lume médio / baixo e mexa de vez em quando até a maçã ficar tenrinha.
- Sirva de imediato polvilhado com canela em pó e pólen. Acompanhe com rodelas de maçã verde  desidratada. 


Rentabilidade:

- 2 doses









sexta-feira, 12 de março de 2021

Pão de água semi-integral

Rendeu um pão de 1,200Kg.


 Ingredientes:

  • 550gr água
  • 520g Farinha T65, mais q.b para polvilhar (se for usar t55, retire 50gr a água)
  • 200gr de farinha de trigo integral  
  • 20gr de fermento de padeiro fresco ou uma saqueta de 11gr de fermipan
  • 10gr de sal marinho
  • 20gr de fécula de batata (opcional, não é obrigatório )

Preparação:
- Comece por colocar no copo da Bimby a água e as farinhas. Misture 20Seg/Vel6.
- Deixe a farinha hidratar cerca de 40Min dentro da Bimby.
- Após este tempo abra o copo e junte o fermento, a fécula de batata e o sal. Amasse 6Min./Vel.Espiga.
- Retire do copo e coloque a massa num recipiente e deixar levedar cerca de 2 horas ou até que dobre de volume.
Depois de levedar, polvilhe a bancada com farinha, dar a forma e dobrar 1/3 da massa sobre si própria e entalar por baixo.
- Pré-aqueça o forno a 250ºC.
- Coloque o pão, num tabuleiro polvilhado com bastante farinha. Pode fazer um corte a meio superficial para dar uns efeitos (os meus foram muito superficiais pois a minha espiga não se nota hehe)
- Coloque uma taça de barro ao fundo do forno com água, para ter uma crosta mais estaladiça no pão.
- Baixe a temperatura do forno para os 200ºC e coloque o pão no forno e deixe cozinhar cerca de 45 minutos (veja consoante o gosto e o forno). 



Nota:

- A receita deste pão é do blog da Graça

Podem também deixar no frigorífico até 24h. Se assim fizerem deverão retirar 30Min antes da cozedura e deixar a massa a temperatura ambiente, antes de a colocar no forno.











quarta-feira, 10 de março de 2021

Empadão saudável de bacalhau e legumes

Cá em casa continua o mesmo dilema todos os dias. O que fazer para o almoço e para o jantar? Acreditem que não é fácil. Até o meu marido passar a ser assintomático e estar devidamente equilibrado, é muito muito difícil. Qualquer deslize na alimentação tem repercussões imediatas. Para mim é estranho, mas a verdade é que é assim. Sei que existem cuidados que vão ser para o resto da vida pois a gastrite crónica ligeira não passa, mas quando ele se sentir normal e sem sintomas, acredito que tudo vai ser mais fácil. Esta é uma sugestão muito simples, mas acreditem que muito, muito boa. 

Depois de a ter preparado cheguei à conclusão que ainda podia ter sido mais saudável. Ou seja, para a próxima vez cozo os legumes todos primeiro e só depois os salteio em azeite. Torna o processo de estar no azeite muito mais simples e rápido.

Mesmo sendo uma sugestão simples, acreditem que resultou muito bem e ficou uma refeição deliciosa.


 Ingredientes:

  • 1 Posta grande de bacalhau
  • 200gr de batata
  • 200gr de batata-doce
  • 1 Cebola
  • 1 Alho francês
  • 1 Cenoura
  • 4 Dentes de alho
  • 1 Folha de louro
  • Pimenta preta q.b.
  • Sal marinho q.b.
  • Azeite extra-virgem q.b.
  • Amido de milho q.b.
  • Água da cozedura do bacalhau q.b.
  • Linhaça moída q.b.
Preparação:
- Leve ao lume um tacho com água e uma pitada de sal marinho. Junte a posta de bacalhau demolhada, tape e deixe cozer. Depois de cozido, deixe arrefecer um pouco e lasque-o. Reserve.
- Com a mandolina Borner faça rodelas finas de cebola e de alho francês. Pique os dentes de alho, descasque os dois tipos de batatas e rale-as com o ralador vegetariano da Borner. Rale também a cenoura.
- Num tacho coloque um fio de azeite, o alho-francês, sal marinho, pimenta preta, louro, a cebola e o alho. Deixe cozinhar tapado por uns minutos e em lume brando. 
- Acrescente as batatas e deixe cozinhar com a tampa fechada. Quando a batata ficar tenra adicione a cenoura. Deixe estufar, e no fim acrescente o bacalhau. 
- Desligue o lume e envolva tudo muito bem, sem desfazer nenhum dos ingredientes. Retifique os temperos.
- Passe o estufado para um pírex. 
- Entretanto, enquanto os legumes estavam a cozinhar, retirei um pouco de água da cozedura do bacalhau para um tigela e juntei um pouco de amido de milho. Misturei bem até o amigo estar perfeitamente envolvido na água e sem grumos. Juntei à restante água de bacalhau e leve novamente ao lume até engrossar. Acabei por fazer uma "espécie de molho branco" transparente 😛😛 .
- Depois do preparado estar no pírex, coloquei meia dúzia de colheres deste molho por cima e polvilhei por cima com linhaça moída.
- Leve ao forno pré-aquecido  a 180ºC até estar alourado.