sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Pataniscas de camarão e conquilha com arroz de tomate e conquilhas


Ingredientes:

  • 250gr de camarão
  • Conquilhas q.b.
  • 320gr de água
  • 120gr de farinha de grão
  • 100gr de farinha de trigo
  • 1/2 Colher (de chá) de fermento para bolos
  • Salsa fresca (Aromáticas Vivas)
  • Sal q.b.
  • Pimenta preta q.b.
  • Óleo de girassol q.b.
Preparação:
- Comece por cozer o camarão. Depois de cozido deixe arrefecer, descasque e corte em pedaços. Reserve.
- Numa taça larga coloque a água, a farinha de grão, a farinha de trigo, o fermento e o sal e a pimenta. Misture bem até obter uma mistura homogénea com um garfo ou com uma vara de arames.
- A seguir junte um punhado de salsa fresca picada e misture.
- Junte agora os camarões reservados e a conquilha (a conquilha foi de um aproveitamento de um petisco igual a este que fiz e que sobrou. Nessa altura retirei o miolo e guardei para as pataniscas e para um arroz ou qualquer outra coisa que me lembre). Envolva muito bem com a ajuda de um garfo. 
- Deixe repousar 20 minutos.
- Numa frigideira funda, verta o óleo (cerca de 1cm de altura) e aqueça.
- Com a ajuda de uma colher de sopa, deite duas colheres do preparado até formar +/- um círculo com cerca de 6cm.
- Frite até estarem douradas dois dois lados e estaladiças.
- Escorra bem sobre papel absorvente.
- Sirva quente com arroz de tomate e pimentos.

Ingredientes arroz:

  • 1 Cebola
  • 2 Dentes de alho
  • 1 Folha de louro
  • 1 Tomate rosa pequeno
  • 1 Colher (de sopa) de polpa de tomate
  • 1/2 Pimento vermelho
  • 1/2 Pimento amarelo
  • 1/2 Pimento verde
  • Arroz aromático (Bom Sucesso)
  • Azeite q.b.
  • Sal q.b.
Preparação arroz:
- Pique a cebola e os dentes de alho. Adicione uma folha de louro e um fio de azeite. Deixe estrugir. A seguir junte o tomate fresco picado e a polpa de tomate. Adicione também os pimentos cortados grosseiramente. Envolva bem ao refogado e junte a água e o sal.
- Quando a água levantar fervura junte o arroz, baixe o lume, tape o tacho e deixe cozinhar.






quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Bolachas de manteiga e moringa

Tal como disse recentemente descobri a moringa e sinceramente gosto bastante. Além de todos os benefícios que vos contei gosto de mordiscar as folhas frescas. Também se vende em pó.

Na feira onde comprei a moringa tinham lá umas bolachinhas deliciosas e que tentei replicar com algumas dicas que me deram. Foram feitas ao nosso gosto cá em casa e ficaram fantásticas. Tinham também um pão de moringa com pepino mas não tinham para degustar e sinceramente achei muitoooooo caro. Cá entre nós... 12€ / Kg.

Mas vamos lá às nossas belas bolachinhas.



Ingredientes:


  • 180gr de manteiga de manteiga (creme) vegetal
  • 180gr de açúcar
  • 1 pitada de sal marinho
  • 1 ovo
  • 300gr de farinha
  • Folhas de moringa q.b.



Preparação:
- Numa taça coloque a manteiga, o ovo, o açúcar e o sal. Bata bem com a ajuda de uma colher ou um batedor de varas.
- Junte a farinha e envolva-a bem no preparado anterior.
- A seguir adicione as folhas de moringa a gosto (depois de lavadas e secas). Volte a misturar tudo bem e bata bem. A seguir transfira a massa para cima de uma película aderente e forme um rolo. A massa é um bocadinho mole, mas consegue moldar-se. Leve ao frio cerca de 30 minutos.
- Pré-aqueça o forno a 180ºC.
- Ao fim deste tempo corte rodelas do rolo. A altura da bolacha fica ao gosto de cada um.
- Coloque as bolachas num tabuleiro para ir ao forno forrado com papel vegetal e leve ao forno cerca de 10 minutos ou até estarem a gosto. Elas saem "moles" mas assim que começam a arrefecer ficam rijinhas e crocantes.
- Quando estiverem frias podem ser guardadas.

  



quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Overtnight oats ou papas de aveia cruas com banana, frutos vermelhos, nozes e mel castanheiro

Hoje trago uma sugestão para um pequeno almoço ou para um lanche, as famosas e já mil vezes replicadas overnights oats, também conhecidas por papas de aveia cruas. Preparam-se em 2 minutos e levam-se ao frigorífico durante a noite e comem-se de manhã. Mais simples não há. A diferença é que em vez de serem comidas quentes são comidas frias. Vamos a isto?



Ingredientes:

  • 4 Colheres (de sopa) de flocos de aveia
  • 1 Colher (de café) de sementes de chia
  • Canela q.b.
  • Rodelas de banana q.b.
  • Leite de aveia sem açúcar
  • Mirtilos q.b.
  • Framboesas q.b.
  • Nozes q.b.
  • Mel castanheiro (Transmontanos)
Preparação:
- Coloque num frasco a aveia, as sementes de chia, a canela, a banana e o leite. Feche o frasco e coloque-o no frigorífico durante toda a noite.
- De manhã mexa bem o preparado e coloque os toppings a gosto. Neste caso usei mirtilos e framboesas, nozes e um fio de mel castanheiro.






terça-feira, 27 de agosto de 2019

Salada grega

E porque o tempo ainda pede saladas hoje saiu uma salada grega, feita um pouco à minha maneira e com os ingredientes que me apeteceram.

Ingredientes:

  • Alface iceberg
  • 1 Tomate rosa
  • 1/2 Cebola roxa
  • 1/3 Pepino
  • Azeitonas q.b.
  • Queijo feta q.b.
  • Orégãos q.b.
  • Sal q.b.
  • Azeite q.b.
  • Vinagre de cidra com gengibre q.b. (Paladin)
  • Croutons de alho e salsa q.b. (Rialto)

Preparação:
- Numa taça com água e vinagre coloque as folhas de alface, o tomate, a cebola descascadas e o pepino. Deixe estar cerca de 5 minutos.
- Ao fim desse tempo lave lave bem e passe-os por água corrente.
- Corte as folhas de alface em pedaços e coloque numa taça.
- Com uma faca faça cortes no tomate e depois com a mandolina Borner, faça cubos com o tomate e com o pepino. Transfira para uma taça e tempere a gosto com sal, vinagre de cidra com gengibre e azeite. Misture.
- Junte agora a cebola cortada em rodelas finas e os restantes ingredientes a gosto. Termine com os croutons de alho e salsa.
- Sirva de seguida.










segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Raviolis recheados com espinafres e ricota e molho de tomate e manjericão

Gosto muito de massas frescas e a verdade é que dão pouco trabalho. Embora as faça poucas vezes são sempre uma delícia. Embora tenhamos que fazer massa, recheio e molho, os processos são encadeados, rápidos e fáceis de preparar. Eu começo sempre por preparar a massa. Enquanto a massa repousa, preparo o molho. E enquanto o molho apura um pouco preparo o recheio. Desta vez optei por fazer os raviolis redondos. Assim escolhi dois moldes, um maior e um mais pequeno, mas apenas para ter dois tamanhos diferentes, deu-me para isso 😋😋. Fiz várias rodelas, coloquei o recheio e uni as extremidades com a gema batida. Para dar um pequeno efeito, pressionei o garfo à volta de cada ravioli e depois levei-os a cozer. Para não se agarrarem uns aos outros, cozo poucos de cada vez, e claro, assim que eles saírem do fundo do tacho, viro-os e depois vejo quando a massa está cozida, mas não em demasia e retiro. Sirvo os raviolis com o molho e com manjericão fresco.



Ingredientes massa:
  • 200gr de farinha de trigo + farinha para polvilhar
  • 2 Ovos + 1 gema
  • 1 Colher (de sopa) de azeite
  • Sal q.b.
  • Pimenta preta q.b.

Preparação massa:
- Coloque a farinha numa taça.
- Abra uma cova no centro e junte os ovos inteiros, um a um.
- Tempere com sal, pimenta preta e o azeite.

- Misture bem os ovos com a farinha e amasse bem até obter uma massa que possa ser tendida posteriormente. 
- Enquanto amassava (achei que a massa estava ligeiramente dura) juntei um pouco de água (o equivalente a 2 ou 3 colheres de sopa).
- Amassei durante 20 minutos.
- Faça uma bola e embrulhe a massa em película aderente e deixe descansar cerca de 30 minutos. Reserve.

Ingredientes molho:


  • Azeite
  • 1 Cebola
  • 4 Dentes de alho
  • 1 Alho francês
  • 1 Punhado de folhas de manjericão (Aromáticas Vivas)
  • 3 Tomate maduros
  • 3 Colheres (de sopa) de polpa de tomate
  • Sal q.b.
  • Pimenta preta q.b.
Preparação:
- Leve um tacho ao lume com um fio de azeite. A seguir junte a cebola picada com a mandolina Borner e junte também os alhos devidamente laminados.
- Deixe refogar lentamente. 
- Junte a seguir o alho francês cortado às rodelas e o tomates maduros picados grosseiramente. Junte também a polpa de tomate. 
- Deixe cozinhar lentamente e tempere a gosto.
- Quando estiver tudo cozinhado, triture. Reserve.

Ingredientes recheio:
  • 250gr de espinafres (usei biológicos)
  • 220gr de queijo ricota
  • 1 Gema de ovo
  • Noz-moscada q.b.
  • Sal q.b.
  • Pimenta preta q.b.
Preparação recheio:
- Junte os espinafres (previamente lavados)  e uma pitada de sal numa taça. Verta água a ferver por cima dos espinafres e ao fim de uns segundos escorra-os. 
- Volte a colocá-los na taça e deixe-os arrefecer. 
- De seguida, volte a escorre-los novamente e retire o excesso de água, para que o recheio não fique aguado. Coloque os espinafres em cima de uma tábua de cozinha e pique-os bem (como se fosse fazer esparregado). Aperte-os bem novamente para retirar o excesso de água.
- A seguir coloque-os numa taça, adicione o queijo ricota, a gema de ovo, uma pitada de noz moscada, sal e pimenta preta a gosto. Misture e reserve até o recheio ser necessário.
















sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Cavalas assadas com molho de limão e salsa com salada mista

É usual na Meia Praia, e noutros pontos do país, os pescadores oferecem a cavala. Dão-nas às gaivotas e aos populares que passam e queiram. Desde que tenha algum saco ou outra coisa para a transportar. 😀😀 E assim foi, lá vim eu com um paréo pronto a ser lavado, cheio de cavalas super frescas e a pedirem para ser amanhadas. 51 cavalas desta vez. Já no início da época nos tinham dados sardinhas (7kg), mas a vantagem das sardinhas é que não precisam ser arranjadas. A cavala embora não tenha escamas é um peixe que tem de ser arranjado. Mas valeu bem a pena. Se antigamente a cavala era posta de lado, hoje em dias já se fazem muitas iguarias com ela. A sua carne é bem suculenta, é um peixe azul e cheio de nutrientes essenciais ao nosso organismo. Tem um alto teor de ácidos gordos ómega 3, o que o tornam um excelente auxiliar a nível cardiovascular e de memória.



Ingredientes:

  • Cavalas q.b.
  • Sal q.b.
  • Azeite q.b.
  • Sumo de 1 limão
  • Salsa fresca q.b. (Aromáticas Vivas)
Preparação:
- Amanhe as cavalas. 
- Prepare as brasas para depois assar as cavalas.
- Quando estiverem prontas polvilhe as cavalas com sal e deixe-as assar de ambos os lados.
- Entretanto prepare o molho. Numa taça coloque um fio de azeite, o sumo de limão e a salsa fresca picada. Misture tudo.
- Quando retirar as cavalas da grelha, sirva-as com o molho e com uma salada a gosto.

A minha salada levou tomate rosa, alface, rúcula, rabanete, cebola, pepino, aipo, abacate, orégãos secos, moringa em folha e quinquina em folhas.









quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Água aromatizada com limão, mirtilos e hortelã

O amor anda no ar assim como o calor 💕💕 E com o calor que está  temos a necessidade de nos refrescarmos. Nada melhor que a água para isso. Pelo menos cá em casa é a nossa bebida preferida. E de vez em quando fazemos uma água aromatiza a gosto. Desta vez saiu assim.


Ingredientes:

  • 1l de água
  • 1 Limão
  • Mirtilos q.b.
  • Hortelã 
Prepração:
- Lave bem o limão, os mirtilos e a hortelã.
- A seguir com a mandolina Borner faça rodelas do limão.
- Encha a garrafa com água, a seguir junte os mirtilos, as rodelas do limão e a hortelã.
- Deixe refrescas e beba.







quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Cestos de papaia, coco e chia com mel de rosmaninho

Já uma vez vos tinha contado que os meus pequenos-almoços são quase sempre iguais. Água morna com limão e um dente de alho, seguido de um kiwi e uma deliciosa torrada com manteiga magra ou mel ou uma compota caseira. Mas mesmo assim quando altero até ao kiwi nada muda. Adoro e faço-o há anos. Mas de vez em quando a parte das torradas altera-se e lá se insere algo diferente e delicioso. Esta ideia veio da revista do continente e vale mesmo a pena experimentar. As quantidades apresentadas são para cada pessoa.


Ingredientes:

  • 1/2 Papaia
  • Leite de coco q.b.
  • Sementes de chia q.b.
  • 1 Colher (de sobremesa) de mel de rosmaninho (Transmontanos)
  • Manga q.b.
  • Coco ralado q.b.
  • Hortelã q.b. (Aromáticas Vivas)

Preparação:
- Abra a papaia ao meio e retire-lhes as sementes, deixando uma cavidade em cada uma pronta rechear. Reserve a outra metade para quando precisar.
- Numa taça, misture bem o leite de coco com as sementes de chia (as quantidades que usei foi a olho e de acordo com o tamanho da cavidade da papaia). Deixe que as sementes inchem até obter a consistência de um pudim. Como as quantidades não são muito grandes, foram uns minutinhos apenas. Quando estiver sólido, adicione o mel e mexa bem. Deite o pudim na metade da papaia e leve-a ao frigorífico até refrescar (eu não deixei muito tempo porque já tinha a papaia no frigorífico e fiz quase na hora de comer). - Corte a manga em cubinhos e coloque-os por cima da papaia. Polvilhe com coco ralado e decore com folhas de hortelã. 
- Sirva numa tábua Gradirripas.




segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Lombos de pescada com conquilhas e espargos e cenouras glaceadas


Já estou de volta. Estas férias foram maravilhosas, com um bom e cauteloso sol. Tenho imenso cuidado com o sol e com as horas a que apanho sol. Não sou ninguém para criticar mas faz-me imensa confusão quem consegue estar ao sol entre as 11h30m e as 16h. A mim não me apanham lá. Além de não fazer bem, não aguento o calor. 
Mas não regresso em modo crítica, regresso feliz e cheia de vontade de regressa ao meu cantinho, o nosso blog. Regresso com vontade de partilhar receitas e produtos novos que experimentei, que tive oportunidade de provar e de os incluir na minha alimentação. Mas não pode ser tudo de uma vez. 
As minhas férias foram passadas em Lagos, onde todos os anos estou algumas vezes. Cá em casa este anos deu-nos para apanhar conquilha e já tinha publicado algumas receitas com conquilha e ainda mais estão para vir. Desta vez as conquilhas eram mais que suficientes, mas fiz todas. No final da refeição, retirei o miolo da conquilha, às que sobraram e guardei numa caixinha, para fazer um arroz. Esta receita tem conquilha apanhada por nós cá em casa e por isso tem um cheirinho e um sabor a mar que nem vos conto. Sim, porque a conquilha de compra é caríssima, não é seguramente tão fresca e numa horita apanha-se conquilha suficiente para um delicioso petisco. Ora aqui vai.



Ingredientes pescada:
  • 2 Lombos de pescada
  • Conquilha q.b.
  • 1 Cebola
  • 1 Alho francês
  • 4 Dentes de alho
  • Flor de sal q.b. (Necton)
  • Pimenta preta q.b.
  • Azeite q.b. (Transmontanos)
  • Sumo de lima q.b.


Ingredientes espargos e cenouras:
  • Cenouras baby
  • Espargos
  • 1 Colher (de sopa) de manteiga vegetal
  • 1 Colher (de sopa) Mel da Montanha (Transmontanos)
  • Flor de sal q.b. (Necton)
  • Pimenta preta q.b.


Preparação:
- Coloque a conquilha em água e sal e mude a água e o sal diversas vezes para libertar a areia. 
- Com a mandolina Borner faça rodelas de cebola e rodelas de alho francês.
- Coloque um pouco de azeite no fundo de uma frigideira, e junte a cebola e o alho francês.
- Quando estiver translúcida adicione os lombos de pescada e tempere a gosto com a flor de sal, a pimenta e os dentes de alho picados. Vire ao fim de dois minutos. Quando estiver cozinhado vire de novo e reserve.
- Adicione as conquilhas devidamente escorridas e deixe-as cozinhas em lume alto para abrirem. Tempere a gosto com sal e pimenta. Ao fim de uns minutos tape a frigideira para acabarem de abrir.
- Entretanto retire a pele às cenouras e arranje os espargos. Corte-lhes a ponta e retire a "casca" dos espargos.
- Numa frigideira coloque a manteiga e deixe alourar as cenouras e os espargos.
- Quando estiver dourados adicione o mel. Tempere a gosto com flor de sal e pimenta preta, envolva bem e está pronto a servir com as conquilhas e a pescada.